Observando este blog alguém poderia perguntar, "porque tanta atenção à Síria?"

Simples:
- é o maior ataque físico contra a cristandade nos últimos tempos (incluindo o Iraque);
- é o maior risco de eclosão de uma nova guerra mundial (e de fato, com o planejado ataque dos EUA contra Síria, impedido pela Russia, os EUA mudaram de planos e agora desestabilizam diretamente a Ucrania, quintal da Rússia);
- é um dos últimos países que resistem contra uma nova ordem mundial sem Deus (http://nonpossumus-vcr.blogspot.com.br/2014/01/comentario-eleison-numero-cccxxxix-339.html );
- é notavelmente um dos pontos (junto agora com Ucrânia e Gaza) de maiores pecados contra o Oitavo Mandamento, por parte da maioria da mídia (pecado grave que coloca em risco a salvação de muitos jornalistas).
Nota - os textos em itálico acima foram incluídos em 15/8/14.


terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Missão cumprida: a nova Síria será sem cristãos



“I cristiani sono la minoranza più minacciata dalla guerra civile siriana e tentano di fuggire dal Paese. Essi si sentono indifesi di fronte all’escalation di violenza che da mesi imperversa nel Paese. Pregate per la pace e per la riconciliazione del popolo siriano”. È quanto afferma ad AsiaNews mons. Antoine Audo, arcivescovo caldeo di Aleppo.
http://federiciblog.altervista.org/2012/02/28/rassegna-stampa-del-27-02-2012/
http://www.asianews.it/notizie-it/Arcivescovo-di-Aleppo:-I-cristiani-minacciati-dalle-violenze-fuggono-dalla-Siria-24045.html
http://blog.messainlatino.it/2012/02/prima-di-quaresima-preghiamo-per-i.html

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Detalhando o absurdo

[  É preocupante quando começam com estas análises técnicas de um ataque de um país contra o outro. Pelo que me lembro dos momentos antes de intervenções absurdas como as da Sérvia e do Iraque, estes tipos de análises soam como "já está escrito - não tem volta - se acomodem e apreciem o show pirotécnico". E isto e' um absurdo quando o que se esta' para assistir e' uma catástrofre nuclear imposta a outro país.  Mas o povo boi está acostumado e gosta destes shows de guerras e matanças. Vejam as recentes Servia, Iraque, Gaza e Líbia.  Não mudamos nada comparando aos que assistiam os "shows" no Coliseu...  ]

Na Síria eleitores aprovaram Constituição

Mohammed al-Shaar também declarou, em coletiva de imprensa, que a participação chegou a 57,4% dos eleitores aptos a votar e que 89,4% deles disseram "sim" à pergunta do referendo sobre a nova Constituição, contra apenas 9% de "não". Menos de 2% dos votos foram considerados inválidos.
http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,governo-sirio-diz-eleitores-aprovaram-constituicao,841125,0.htm

[ Bom, está claro como a água, até pela mídia ocidental, que grande parte dos sírios apoiam o atual presidente.  Isto quer dizer que o apoio armado à oposição, como querem os EUA, Israel e seus aliados, são mais um crime de guerra.  Que o "tribunal" de Haia nunca irá julgar...  ]

Entrevista com Sean Stone sobre o Irã

[  Apesar dos erros de religiao, o filho do Oliver Stone aparentemente é bem sincero e ponderado no que concerne a geopolitica internacional e as manipulacoes da midia  ]


[ ver aqui em 9:14 onde fala das origens dos Muslim Brotherhood, ou Irmandade Muculmana ]

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Terroristas de Bangkok são iranianos exilados da MEK?


[  versoes diferentes da grande midia ocidental ]

Four Iranians suspected of involvement in a botched bomb plot targeting Israeli diplomats in Bangkok were members of an exiled Iranian opposition group which wanted the incident to reflect badly on Teheran, Syedsulaiman Husaini, Shia leader of Thailand, said on Sunday.

Segundo o jornal tailandês Bangkok Post, os quatro iranianos acusados de participarem do fracassado atentado a bomba contra diplomatas israelenses, são membros de um grupo iraniano da oposição. Segundo o líder xiita na Tailândia, Syedsulaiman Husaini, no domingo, sua motivação foi colocar Teerã numa posição delicada.
http://inacreditavel.com.br/wp/terroristas-de-bancoc-sao-iranianos-exilados-da-mek/

Novas inscrições anti-cristãs em Jerusalem

A expressão "rótulo de preço" indica que os autores poderiam ser colonos judeus de extrema-direita que aplicam a chamada "política de preços" para vingar ações que consideram contrárias aos seus interesses praticadas por palestinos, a polícia e o exército israelense, atacando propriedades palestinas.
http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5599199-EI308,00-Mosteiro+de+Jerusalem+e+atacado+com+pichacoes+anticristas.html

“Vi crocifiggeremo”. “Morte al cristianesimo”. Insulti anticristiani rivolti anche a Gesù e Maria. Queste sono le scritte ritrovate sui muri della chiesa, secondo un fotografo AFP
http://federiciblog.altervista.org/2012/02/21/nuove-scritte-anticristiane-a-gerusalemme/

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Islândia - Santa Ira

Os islandeses, que jogaram pedras no Parlamento em 2009 exigindo de seus líderes e banqueiros uma resposta para o colapso econômico e financeiro do país, estão colhendo os benefícios de sua ira. Desde o final de 2008, os bancos da ilha tem perdoado empréstimos equivalentes a 13% do PIB, o que facilita a carga da dívida em mais de um quarto da população, segundo um informe publicado este mês pela Associação de Serviços Financeiros da Islândia.
"Eu poderia dizer com segurança que a Islândia tem o recorde mundial no alivio da dívida das famílias", disse Lars Christensen, economista-chefe de mercados emergentes do Danske Bank, em Copenhague. "A Islândia seguiu o exemplo clássico do que se exige em uma crise. Qualquer economista [islandês] concorda com isso."
[  Seguiram o exemplo de Nosso Senhor, Ele bem mostrou como se deve agir com esta gentalha, expulsando-os do templo, com violencia.   Santa ira.   ]

Dois jornalistas estrangeiros mortos na Síria


Segundo informações prévias, na cidade de Homs foram mortos dois jornalistas estrangeiros – naturais dos EUA e da França. O prédio onde se encontraram (supostamente um centro médico provisório) foi atingido por um projétil de artilharia.
http://portuguese.ruvr.ru/2012_02_22/66648916/

http://www.youtube.com/profile?user=telesurtv#p/u/6/jhTOnFWdd8Q

[  na confusão pode ter sido qualquer um:  os soldados sírios, irritados com uma mídia ocidental totalmente parcial, ou os mercenários rebeldes, dando culpa ao exército sírio, para causar comoção internacional e mais medidas objetivando a troca de regime, que certamente irá beneficiar Israel e EUA, e enfraquecer o Irã, o próximo da lista... Ou pode ter sido um acidente, pois estavam em área onde se travavam combates. Mas a grande mídia "de propaganda" não tem dúvidas:  ]
As forças do presidente sírio, Bashar al-Assad, tentando forçar a submissão da cidade de Homs, mataram nesta quarta-feira mais de 80 pessoas, incluindo dois jornalistas ocidentais, em um ataque que provocou clamor internacional a favor de uma intervenção que acabe com o derramamento de sangue.
http://br.noticias.yahoo.com/assad-tenta-for%C3%A7ar-submiss%C3%A3o-homs-e-alarma-o-192036270.html

Um ataque contra Irã terá consequencias catastróficas


[ interessante análise, difícil de encontrar na grande mídia ocidental ]

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Caos na Líbia II


[  Eis o resultado da "responsabilidade para proteger" da ONU na Líbia, eis a "ordem", a "paz", a "democracia" levada pelo ocidente para este país, que meses atrás era considerado a Suiça da Africa. E' muita hipocrisia... ]

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Atenas en chamas: Violentos protestos na Grécia enquanto o Parlamento vota cortes






[  aqui pelo menos não há países enviando armas pesadas à oposição, como normalmente o ocidente faz com países que quer desestabilizar - vejam Sérvia (em 1999), Líbia e Síria, por exemplo  ]

domingo, 12 de fevereiro de 2012

A "seriedade" da Grande Mídia internacional


[ os textos sublinhados abaixo mostram como uma pesquisa independente no internet com google e youtube vale tanto, ou mais, que estas "notícias" da grande mídia ]

Forças de Assad intensificam bombardeio em Homs, dizem ativistas
Oposição afirma que essa é a ofensiva mais violenta desde o início dos ataques
As forças do presidente sírio, Bashar al-Assad, mataram neste sábado pelo menos quatro civis em uma operação com tanques e foguetes contra bairros dominados pela oposição na cidade de Homs, com o objetivo de acabar com uma revolta popular que exige a renúncia do líder, disseram ativistas.
"Essa é a ofensiva mais violenta desde o início dos ataques em Homs, há seis dias. Entre os quatro mortos, está uma mulher de 55 anos de idade. Eles foram mortos por um bombardeio que atingiu o edifício onde eles viviam, em Bab Amro", afirmou à Reuters, por meio de um telefone por satélite, o ativista da oposição Mohammad Hassan.
As mortes não puderam ser verificadas de forma independente. A Síria restringe o acesso à maioria dos jornalistas internacionais.
Vídeos colocados no YouTube mostraram um médico em um hospital em Bab Amro próximo ao corpo da mulher, que aparentemente foi atingida na cabeça.
"Esta é Ibtissam al-Dalati, mãe de três filhos. Estilhaços atingiram sua cabeça", afirmou o médico, segurando a cabeça fraturada e sangrenta da mulher. "Convoco os sírios para tomar as ruas e acabar com a repressão em Homs."
[ creio que a Síria tem suas boas razões em não deixar entrar "jornalistas" tipo este que redigiu esta "notícia" ]

 

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Assad promete fim da violência e referendo


    
Ditador cumprimenta ministro russo na chegada dele à Síria


O duplo veto suscitou a indignação dos ocidentais e de vários países árabes. Segundo vários diplomatas e especialistas ocidentais, este gesto poderia incentivar Assad a manter a repressão contra a oposição.
Como a violência ainda não deu sinais de cessar, países começam a reavaliar seu posicionamento diplomático na Síria. Na segunda-feira, os Estados Unidos decidiram fechar sua embaixada na capital Damasco, conforme adiantou uma fonte oficial que preferiu não ser identificada. Nesta terça, a mesma decisão foi tomada pelos países-membros do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG), composto pela Arábia Saudita, Catar, Omã, Kuwait, Bahrein e Emirados Árabes Unidos. Eles também exigiram que os embaixadores sírios abandonem imediatamente estes países, segundo comunicado do organismo.
http://veja.abril.com.br/noticia/internacional/assad-promete-por-fim-a-violencia-e-realizar-referendo-sobre-constituicao

 [ a grande mídia ocidental dá sempre a entender que a oposição na Síria é totalmente indefesa e limpa - mas em outras fontes mostra a versão onde esta oposição está bem armada e infiltrada, ou dominada, por interesses estranhos à Síria ]

Multidoes na Síria recebem o ministro russo Lavrov:
http://www.youtube.com/watch?v=3kPANikAukc&feature=player_embedded

Concentrações semelhantes ocorreram na cidade de Aleppo, no norte, onde os manifestantes rejeitaram a ingerência estrangeira nos assuntos sírios e expressaram seu apoio à luta contra o terrorismo. "Estamos aqui para saudar o ministro das Relações Exteriores da Rússia, saudamos e agradecemos a sua posição sobre a Síria", disse um morador identificado como Bader Ghanem em Damasco. "Estamos muito satisfeitos por a Rússia nos visitar para ver a realidade da como nosso país é sabotada por grupos armados e como eles nos atacam ", acrescentou. Na segunda-feira, o chanceler criticou o Ocidente por seu voto no Conselho de Segurança das Nações Unidas no projecto de resolução sobre a Síria, sem esperar resultados da reunião em Damasco na terça-feira ao que ele chamou o incidente como uma "clara falta de respeito".  http://www.olobotransmontano.com/2012/02/milhoes-recebem-lavrov-na-siria.html

domingo, 5 de fevereiro de 2012

A "seriedade" da Grande Mídia nacional

Caio Blinder e Diogo Mainardi defendem assassinato de cientistas iranianos

Jornalista da imprensa brasileira ofende rainha da Jordânia

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Caos na Libia

[  Eis o resultado da "responsabilidade para proteger" da ONU na Libia, eis a "ordem", a "paz", a "democracia" levada pelo ocidente para este pais, que meses atras era considerado a Suiça da Africa. E' muita hipocrisia... ]

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012