Observando este blog alguém poderia perguntar, "porque tanta atenção à Síria?"

Simples:
- é o maior ataque físico contra a cristandade nos últimos tempos;
- é o maior risco de eclosão de uma nova guerra mundial;
- é um dos últimos países que resistem contra uma nova ordem mundial sem Deus (http://spessantotomas.blogspot.com.br/2014/01/comentarios-eleison-cccxxxix-11-de.html);
- é notavelmente um dos pontos de maiores pecados contra o Oitavo Mandamento, por parte da maioria da mídia (pecado grave que coloca em risco a salvação de muitos jornalistas).


quarta-feira, 23 de abril de 2014

Guerra na Síria: "um crime organizado"



(…) Gregorio III accusa il mondo occidentale di essere cieco sulla verità della guerra in Siria … E’ un crimine organizzato … l’indifferenza criminale con la quale il mondo occidentale, col falso pretesto della difesa della democrazia, continua ad assistere a questo spettacolo di distruzione (…)

http://federiciblog.altervista.org/2014/04/23/guerra-in-siria-un-crimine-organizzato/

terça-feira, 22 de abril de 2014

Rastros do Holocausto Alemão


A população alemã “libertada” pelas hordas do leste, com o aval das “democracias” do ocidente

Resta saber se as vítimas desse genocídio, e as tantas outras vítimas das barbaridades cometidas pelos aliados, serão “contempladas” com memoriais, indenizações e filmes da indústria de Hollywood… Cada vez mais a Revisão Histórica se mostra indispensável para o esclarecimento da verdade sobre a 2ª Guerra Mundial. – NR

http://inacreditavel.com.br/wp/rastros-do-holocausto-alemao/

[  TALVEZ O MODO COMO SERÁ CONTADA A HISTÓRIA DAS DEVASTAÇÕES EM IRAQUE, LÍBIA, SÍRIA E, DEUS NÃO QUEIRA, EM UCRANIA, É O MESMO MODO COMO NOS FOI RELATADA A HISTÓRIA DA 2A G.M. ]

sábado, 19 de abril de 2014

Siria. Rata terrorista mata por accidente a algunas de sus amigas



[ São esses mercenários idiotas que o Ocidente quer colocar no governo da Síria.  É a esses que não param financiamentos do ocidente podre (EUA, Europa, Otan e inclusive nós, com nossas mídias corruptas), de Israel e Petromonarquias, para destruir este país ordeiro. ]

Neste link vejam as várias ações disciplinadas e organizadasdo EXÉRCITO ÁRABE SÍRIO (SYRIAN ARAB ARMY), composto pelo ordeiro povo sírio, que heroicamente luta a 3 anos ao lado de seu líder Bashar Al Assad:

https://www.youtube.com/user/alfredoh24/videos

O Ocidente podre, uma vez sede da Civilização Cristã, há muito não tem, e nunca mais terá líderes e povos deste tipo, desta fibra.  PARABÉNS SÍRIA PELO EXEMPLO DE RESISTENCIA!

SOMOS TODOS SÍRIOS!

WE ARE ALL SYRIANS! 

quarta-feira, 16 de abril de 2014

"El conflicto de Ucrania fue iniciado para frenar el colapso del sistema financiero occidental"


© REUTERS Alex Grimm

Occidente "se ha comprometido a ir a la guerra para evitar que Rusia y China —que van a representar el pivote para el futuro del siglo XXI—y otros del movimiento [Corea del Sur, Japón y la India] logren un verdadero desarrollo económico y la prosperidad para el planeta, mientras que el sistema financiero occidental está colapsando", dijo a RT Lawrence Freeman, uno de los editores de la revista 'Executive Intelligence Review'.

"Esa es la fricción que está llevando al enfrentamiento en Ucrania. No se trata de Ucrania, ni siquiera de Rusia, se trata de socavar el compromiso entre Rusia y China para el desarrollo económico mientras que Occidente está colapsando", especifica el analista.

http://actualidad.rt.com/economia/view/125441-conflicto-ucrania-colapso-sistema-financiero-occidente

sábado, 12 de abril de 2014

Putin: Carta a governantes europeus - Ucrânia, a Europa e o gás



A Rússia e estados-membros da União Europeia são os maiores parceiros comerciais da Ucrânia. Considerando isso, na Cúpula Rússia-UE, no final de janeiro, chegamos a um acordo com nossos parceiros europeus, para realizar consultas sobre a questão de desenvolver a economia da Ucrânia, tendo em mente os interesses da Ucrânia e dos nossos países, e formando alianças de integração com a participação da Ucrânia. Mas os muitos esforços da Rússia para dar início ao processo de consultas reais levaram a nada, sem produzir qualquer resultado.
Em vez de consultas, só ouvimos apelos para reduzir preços fixados em contrato para o gás natural russo – preços que teriam características “políticas”. Fica-se com a impressão de que os parceiros europeus querem culpar unilateralmente a Rússia pelas consequências da crise econômica na Ucrânia.
http://redecastorphoto.blogspot.com.br/2014/04/putin-carta-governantes-europeus_10.html


Despite what our two bit media says about him, Putin and Lavrov are becoming positive historical figures while ours will be getting the “best class clown” prizes.  http://www.veteranstoday.com/2014/04/12/putin-letter-makes-diplomatic-history/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=putin-letter-makes-diplomatic-history

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Guerra genocida da OTAN e da Turquia com a Síria


Todas as evidências disponíveis indicam que EUA, Reino Unido, Israel, Turquia, França e Arábia Saudita meticulosamente planejado a guerra secreta genocida sobre a Síria durante anos antes de realmente lançá-lo em 2011. Desde o início, a Turquia tem estado no epicentro desta guerra em todos os aspectos possíveis. Diante dos ataques cada vez mais brutais e imprudentes em todas as suas fronteiras terrestres, o estado sírio, o exército e as pessoas foram exibindo uma excelente resistência, coragem e solidariedade.

Como a perspectiva de uma vitória decisiva por parte do exército sírio se torna cada vez mais certo, os orquestradores deste genocídio estão disseminando todo tipo de propaganda em escala global para ofuscar e encobrir seus crimes de guerra monumentais. No entanto, a Turquia ea participação ostensiva da OTAN na ofensiva transfronteiriça em curso sobre Kasab fornece uma evidência incontestável desses crimes para aqueles que buscam a paz ea justiça para a Síria e toda a humanidade.

http://conscienciah.blogspot.com.br/2014/04/guerra-genocida-da-otan-e-da-turquia.html

http://axisoflogic.com/artman/publish/Article_66524.shtml




sexta-feira, 4 de abril de 2014

1400 anos de islã não puderam nos arrancar de nossas terras e de nossas igrejas, enquanto que hoje a politica ocidental nos dispersou aos quatro angulos da terra

Il ruolo dell'OccidenteA mio avviso, la responsabilità della triste situazione attuale dei cristiani d'Oriente ricade in parte sull'Occidente, per la sua politica squilibrata nella regione. Al tempo stesso è triste osservare che la maggioranza dei cristiani in Occidente non ha una vera coscienza della dolorosa situazione in cui versano i cristiani del Medio oriente, quando hanno invece l'opportunità di attirare l'attenzione sulla loro reale condizione e sensibilizzare i politici; perché qui c'è in gioco la coesistenza pacifica stessa nella regione e nel mondo intero. I cristiani d'Oriente si interrogano sulla ragione dell'indifferenza e del silenzio dell'Occidente sulla loro sorte. Essi contano sul sostegno e la solidarietà dei loro fratelli e sorelle d'Occidente!

I takfiristi che considerano la democrazia contraria alla sharia lanciano in modo sistematico azioni aggressive contro i cristiani. Questi gruppi sono senza dubbio anche una reale minaccia allo stesso islam moderato! È necessario che l'Occidente faccia pressione sui Paesi vicini e sugli altri perché smettano di sostenere e di spedire combattenti e miliziani nelle nostre terre.

http://oraprosiria.blogspot.com.br/2014/04/1400-anni-di-islam-non-ci-hanno-potuto.html

segunda-feira, 31 de março de 2014

Contra revolução 1964

"Vocês devem estar imaginando que estou exagerando para lhes mostrar que a Contra-Revolução era imperativa naqueles dias. Para não me alongar, vou citar o que dizem dois conhecidos comunistas:
Depoimento de Pedro Lobo de Oliveira no livro A Esquerda Armada no Brasil: “Muito antes de 1964 já participava na luta revolucionária no Brasil na medida de minhas forças. Creio que desde 1957. Ou melhor, desde 1955… Naquela altura o povo começava a contar com a orientação do Partido Comunista.”
Jacob Gorender, do PCBR, escreveu no seu livro Combate nas Trevas: “Nos primeiros meses de 1964, esboçou-se uma situação pré-revolucionária e o golpe direitista se definiu, por isso mesmo, pelo caráter contra-revolucionário preventivo. A classe dominante e o imperialismo tinham sobradas razões para agir antes que o caldo entornasse.”
Diariamente eu lia os jornais da época: O Dia, O Globo, Jornal do Brasil, Tribuna da Imprensa, Diário de Notícias, etc… Todos eram unânimes em condenar o governo João Goulart e pediam a sua saída, em nome da manutenção da democracia. Apelavam para o bom senso dos militares e até imploravam a sua intervenção, para que o Brasil não se tornasse mais uma nação comunista.
Eu assistia a tudo aquilo com apreensão. Seria correto agirmos para a queda do governo? Comprei uma Constituição do Brasil e a lia seguidamente. A minha conclusão foi de que os militares estavam certos ao se antecipar ao golpe de Jango.
Às Forças Armadas cabe zelar para a manutenção da lei, da ordem, e evitar o caos. Não tinhamos que defender o governo; tinhamos que defender a nação.
O povo foi às ruas com as Marchas da Família com Deus pela Liberdade, no Rio, São Paulo e outras cidades do país. Todos pedindo o fim do governo João Goulart, antes que fosse tarde demais.
E, assim, aconteceu em 31 de março de 1964 a nossa Contra-Revolução."
http://inacreditavel.com.br/wp/a-verdade-sobre-o-31-de-marco-de-1964/
marcha da familia

domingo, 30 de março de 2014

Um pouco de humor

[  Se há espaço para o humor, no meio do caos.  ]

A joint statement from UN Secretary General Ban Ki-moon, UNESCO director Irina Bokova and international mediator on Syria Lakhdar Brahimi called on all sides to "halt immediately all destruction of Syrian heritage, and to save Syria's rich social mosaic and cultural heritage."
https://now.mmedia.me/lb/en/nowsyrialatestnews/538970-un-syria-cultural-heritage-in-peril-from-war-looting

HAHAHA

[  ONU pede para "parar imediatamente a destruição da rica herança cultural da Síria"...  
   
Só rindo mesmo.

Esta mesma ONU não fez nada, em 3 anos, para punir países (EUA/EU/Otan/Israel/Petromonarquias) que financiam a entrada de mercenários-terroristas-degenerados na Síria p/ aterrorizar e massacrar sua população.   Os terroristas (os "ratos", como são chamados na Síria) entram nos bairros, invadem as casas, expulsam os habitantes ou matam e depois tiram fotos p/ culpar o Exército Árabe Sírio (o exército regular).  Transformam as habitações em bunkers, cavando túneis e trincheiras por todos os lados, dificultando a entrada do exército.  O exército regular é forçado então a entrar com armas pesadas e tanques.  No início da guerra até se tentava entrar sem destruir tudo -  agora já não dá mais, o ocidente podre (o maior culpado, pois teria o poder de sua mídia p/ evitar tudos isso) enviou mais de 250.000 criminosos para este país (60.000 já viraram adubo), e quase todo o país é terra arrasada, e ninguem, justamente, se preocupa mais com "herança cultural" - a prioridade é expulsar os RATOS e preservar o solo pátrio e a nação e as etnias Sírias.  Força SAA! Syrian Arab Army!  Força Assad!  Que Deus nos perdoe, nós do ocidente fraco, podre, pervertido...  ]

sábado, 29 de março de 2014

Noé - filme balsfemo

 The most important thing to understand about this fact is that it will be impossible to go into a theater and see this pseudo-biblical global-agenda driven kabbalist inspired fallen-angel praising meteorite movie without being made subject to that spirit of Antichrist.

http://henrymakow.com/2014/03/Noah%20-%20ArtistArtistic-License-or-Total-Blasphemy.html

Escondendo os podres do Ocidente




MH 370

MH370 distrai-nos até à morte, enquanto a Síria sofre: Burman

O desaparecimento da Malásia Airlines voo MH370 tem dominado a cobertura da mídia internacional enquanto a guerra na síria encrudesce, amplamente ignorada.

 
[  Não é interesse deixar aparecer os tantos podres do Ocidente/Israel/Petromonarquias nesta guerra suja contro o ordeiro e não depravado (como o ocidental) povo sírio.  ]
Assad preparing to run for president despite war

 

sexta-feira, 28 de março de 2014

Hezbollah protege locais cristãos na Síria




O governo norte-americano, que se diz cristão, apoia e financia grupos extremistas islâmicos como o Al Qaeda para atacar a Síria, destruindo templos cristãos, permitindo o assassinato brutal de centenas de cristãos. E tudo isso para defender os interesses criminosos de Israel, um país governado por assassinos judeus sionistas.

Dezenas de igrejas cristãs milenares foram destruídas na Síria graças ao apoio e financiamento dos governos dos EUA, França e Inglaterra - governantes que se dizem "cristãos".

Por outro lado, nas fronteiras da Síria com o Líbano, o partido político Hezbollah enviou centenas de combatentes voluntários para lutar ao lado do povo sírio contra os mercenários e terroristas financiados pelo ocidente e Arábia Saudita e Catar. Ora, o Hezbollah - como todos sabem - é um partido islâmico, e está, na prática, defendendo os cristãos vítimas da política nojenta e genocida do imperialismo e do sionismo na região.

A atual guerra de agressão à Síria revela que os políticos ocidentais que se dizem cristãos são traidores da própria religião, são capachos e escravos do sionismo, enquanto que o Hezbollah é o melhor exemplo de convivência pacífica entre cristãos e muçulmanos. A humanidade evoluiu, felizmente, apesar das mentiras diárias da mídia ocidental e dos governantes canalhas que falam em nome dos povos norte-americano, inglês e francês.

Fonte : http://www.marchaverde.com.br/2014/02/hezbollah-protege-locais-cristaos-na.html
http://desatracado.blogspot.com.br/2014/02/hezbollah-protege-locais-cristaos-na.html

Estará começando???

A Terceira Guerra???

Siria: Tanques y artillería de Turquía ayudan al avance de los rebeldes
Tanques y artillería de Turquía ayudan al avance de los grupos extremistas Frente al Nusra y Ahrar al Sham hacia el Ejército sirio en el norte de Latakia, señaló el representante de Siria ante la ONU, Bashar Jaafari.
"La artillería y los tanques cubren los avances de los grupos terroristas hacia las posiciones del Ejército sirio", dijo el diplomático a la agencia rusa Itar-Tass. Añadió además que un buque militar turco ayudó a los militantes sirios bombardeando una zona fronteriza en la costa del Mediterráneo.

"Turquía ayudó a los grupos terroristas a atacar la ciudad de Kasab", dijo también Jaafari, recordando que la ciudad no tiene bases militares y en ella viven ciudadanos pacíficos, armenios que escaparon del genocidio de su nación durante la época del Imperio otomano. "Ellos mataron a los armenios en el mismo lugar tres veces: en 1909, en 1913 y ahora, en 2014", declaró.

Jaafari recordó a los periodistas que en una grabación recientemente publicada en YouTube el ministro de Exteriores de Turquía habla con el jefe de la Inteligencia y los representantes del mando militar sobre la posibilidad de organizar provocaciones en Siria de la mano de los rebeldes con el objetivo de justificar una invasión militar en el país árabe. Pocas horas después de la publicación de la conversación Turquía bloqueó YouTube. "La agresión en Kasab está relacionada con el plan urdido en la reunión secreta, revelada por los medios turcos y extranjeros", declaró Jaafari.

Turquía también está implicada en el bombardeo esta semana de contenedores con armas químicas en Latakia, añadió. Los contenedores fueron atacados con fuego mientras los estaban cargando en barcos daneses y noruegos para la posterior destrucción de las armas químicas en el mar. El incidente causa gran preocupación, dijo Jaafari, añadiendo que ha informado sobre el asunto al Secretario General de la ONU, Ban Ki-moon, y sus adjuntos. El Gobierno sirio tiene pruebas de que los autores de los ataques eran militantes, dijo Jaafari: "Tenemos videos y testigos".

Ankara está muy involucrada en la situación en Siria, sostuvo el diplomático: "Es una violación brutal de la Carta de las Naciones Unidas, de las relaciones de buena vecindad y del derecho internacional. Alguien debe exigirle responsabilidades al Gobierno turco", declaró Jaafari.

 http://actualidad.rt.com/actualidad/view/123706-siria-tanques-artilleria-turquia-ayudan-avance-rebeldes

Turkey set to Start World War 3
http://friendsofsyria.co/2014/03/28/turkey-set-to-start-world-war-3/

Distruzione e omicidi finanziati da potenze straniere


Discorso di Madre M. Agnes de la Croix per l' "Iniziativa Moussalaha" [Riconciliazione] in risposta alle dichiarazioni dell'Alto Commissario per i rifugiati [Unhcr].


 



Signore e Signori,
 
Vorrei iniziare ringraziando la "Società russo- ortodossa di Palestina" per averci invitato a partecipare a questo importante incontro.

Siamo appena arrivati ​​dalla Siria. Questa Siria che soffre la morte, la distruzione, e l'assassinio puro e semplice in tutte le sue città, i suoi villaggi, e tutte le sue regioni.

Nessuno vuole questa guerra assurda finisca.

Tutti piangono e si lamentano davanti alla sofferenza quotidiana del popolo siriano. Ma cosa fanno? Niente!

Dirò molto francamente che sulla crisi siriana l'approccio delle Nazioni Unite, e in particolare la Commissione sui Diritti Umani a Ginevra, contribuisce ad aggravare la catastrofe in cui viviamo.

Le guerre in Siria sono descritte come un conflitto tra le forze dello Stato e le forze di opposizione.

Questo non è vero!

La guerra che oggi colpisce il mio paese è una guerra tra la società civile siriana e gruppi terroristici islamisti. Questi terroristi sono supportati e finanziati da vari paesi stranieri, in particolare l'Arabia Saudita.

L'Arabia Saudita ha riconosciuto che questi gruppi appartengono a organizzazioni terroristiche. Ma allo stesso tempo, continua ad addestrarli e finanziarli al fine di distruggere la Siria.

L'ESL [Esercito Siriano Libero] non è più operativo e non è più adeguato. Ciò con cui abbiamo a che fare deriva dal ruolo svolto dai gruppi terroristici islamisti.

Ieri noi abbiamo teso la mano a Yabroud. Un'altra città siriana distrutta! Quasi quattrocento giovani vogliono cambiare lato e passare da combattenti "contro" il governo, a combattenti "con" il governo [vale a dire: uniti alle forze governative].

DAECH [un'organizzazione terroristica = EIIL] governa la città di Raqqa con la spada e il fuoco. Una giovane ragazza è stata ammazzata lì solo perché aveva un account Facebook. Le sue chiese sono diventate i quartier generali di DAECH. La sua popolazione è obbligata a pregare cinque volte al giorno, e squadre femminili sono incaricate di frustare le donne non velate nelle strade.

Deir el-Zor è governata dal gruppo terroristico di Jabhat al-Nosra. I civili attaccati ai valori laici vengono messi a morte solamente perché essi pensano che si debba mantenere una struttura sociale laica. La chiesa è stata distrutta, come a Raqqa.

Chi sono i capi di DAECH e Al Nosra? Qatarioti, sauditi, ceceni, afgani, e anche cinesi!

Questi terroristi son venuti per la diffusione della democrazia e dei diritti umani in Siria? No!

Il problema è con la cosiddetta "comunità internazionale". Non vogliono vedere la verità. Essi credono ancora nel concetto chiamato "Esercito Siriano Libero".

La nostra posizione è la seguente:

Qual è il rapporto tra la democrazia e la ragazza che è stata uccisa perché aveva un account su Facebook?

Qual è il rapporto tra diritti umani e la distruzione di chiese, sinagoghe, e moschee?

Qual è il rapporto tra la libertà e la distruzione di Ma'loula, ultima città aramaica ancora abitata nel mondo?

Queste domande attendono risposte. Domandiamo alla signora Navi Pillay di darcele.

In sintesi, non ci sono piani dell' opposizione per installare la democrazia in Siria. C'è solo una narrazione: la creazione di un califfato islamico nell'unico paese laico del Medio Oriente, per riportare le persone nel medioevo e all'epoca delle tenebre.

Il terrorismo islamista ha ucciso uno dei miei amici laici a Girod, città controllata dalle forze delle tenebre. Si chiamava Yamen Bjbj. Era dentista. Mi hanno mandato una foto del suo corpo decapitato, la testa appoggiata sulla sabbia accanto a lui. Perché? Perchè distribuiva i miei libri in questa città.

Il Dentista Ramez Uraby, un altro mio amico, è stato rapito per lo stesso motivo. Essi hanno preso l'abitudine di chiamarmi perchè io possa sentire la sua voce mentre lo torturano.

Nessuno vuole vedere o sentire la verità.

Avete sentito parlare del massacro di "Adra"? Non penso.

Adra è una città situata a nord di Damasco. E' una città simbolo per la Siria. Una nuova città costruita per i lavoratori. È rappresentativa della diversità dei gruppi costitutivi della società siriana.

Questa tranquilla cittadina è stata invasa dalle forze del terrorismo islamista il 1 ° dicembre dello scorso anno. Nel XXI ° secolo, ha vissuto massacri senza precedenti.

Centinaia di Siriani sono stati uccisi solo perché erano sciiti, alawiti, ismailiti, drusi e cristiani.

Centinaia di Siriani sunniti sono stati uccisi perché erano funzionari dello Stato siriano.

Molte donne sono state trascinate, nude, sul terreno innevato.

Molte teste mozzate sono state appese agli alberi.

Molte persone sono state gettate vive nel forno della panetteria della città, ricordando l'Olocausto e il nazismo.

Cosa ha fatto, signora Navi Pillay, per rilasciare migliaia di detenuti nella prigione di al-Tawbah a Douma?

Cosa ha fatto, signora Navi Pillay, per porre fine a questa tragedia del XXI ° secolo di cui il mondo intero è testimone?

Cosa ha fatto per il popolo di Adra diventato di 'senzatetto' che ora vagano per le strade di Damasco?

E cosa ha fatto per liberare le donne e i bambini rapiti dai loro villaggi nel nord di Latakia da parte di terroristi islamisti? Donne e bambini portati via dopo che i terroristi avevano ucciso gli uomini del villaggio.

Che cosa ha fatto la signora Navi Pillay per permettere a questi semplici contadini di ritrovare i loro villaggi?

Sì! Perché sono alawiti, e gli alawiti non hanno nulla a che fare con gli interessi degli stati del petrolio e del gas [Stati del Golfo] e, inoltre, la comunità internazionale non vuole ascoltare nulla della loro angoscia!

Anche gli ismailiti che furono capi dell'opposizione in Siria, sono ora esposti a una forma di genocidio, semplicemente perché sono ismailiti. Hanno sofferto il peggior caso di genocidio in Adra. Hanno sofferto un attacco terroristico che ha provocato la morte di persone innocenti a Alcavat. E questo è stato anche il caso di Tal Aldoura e Salamieh.

Gli Ismailiti sono una piccola minoranza in Siria e nel mondo islamico. Non hanno quindi potuto trovare il sostegno delle organizzazioni internazionali, le quali organizzazioni non hanno il tempo di seguire o perfino di riconoscere che stanno per essere sterminati dai gruppi terroristi islamisti.

La situazione dei cristiani non è migliore di quella delle altre minoranze. Così, la città di "Sadad", i cui abitanti sono principalmente cristiani di rito siriaco, è stata aggredita la scorsa estate da parte delle milizie del terrorismo islamista. Hanno commesso omicidi, stupri e distrutto la città prima di partire.

Hanno anche attaccato Ma'loula. Ancora una volta, si sono impegnati in atti di violenza e distrutto, in gran parte, ciò che rappresentava il carattere storico di questa piccola città.

Per quale motivo? Poiché queste due città sono cristiane.

Allo stesso modo hanno occupato le città cristiane della campagna di Idlib.

C'è bisogno di ricordarvi che essi sono i responsabili della distruzione dei quartieri cristiani della città di Homs e del bombardamento quotidiano, con mortai, sui quartieri cristiani di Damasco?

Recentemente, sono circolati rapporti in merito a una cosiddetta "politica della fame", condotta dallo stato siriano. Ma avete sentito parlare di quello che è successo al cibo inviato dal Governo al campo profughi di Yarmouk? Avete sentito parlare dell'istituzione Al-Adalah nella città di Douma governata da gruppi armati che controllano grandi negozi alimentari comprese le scorte di prodotti congelati ; il tal negozio di carne è stato attaccato e completamente derubato da persone affamate, nonostante la loro sofferenza e il fatto che erano bersaglio di gruppi terroristici?

La soluzione è la democrazia.

Le elezioni presidenziali sono in arrivo. Lasciate che il popolo decida sotto la supervisione internazionale che garantisca la neutralità delle elezioni.

Madre Agnès-Mariam della Croce

15/03/2014
 

quinta-feira, 27 de março de 2014

Você ainda lembra da Guerra da Síria? Quem está ganhando?

[ talvez o único bom senso na Grande Mídia  -  não perfeito, mas melhor que a maioria ]

A Síria sofre um processo de “iraquização” na mídia. Isto é, aos poucos, as notícias de guerra geram uma fadiga e as pessoas deixam de acompanhar. Mortos em Aleppo passam a ser tão irrelevantes para o resto do mundo quanto mortos em Bagdá ou Cabul. Mas eu acho importante seguirmos monitorando a Guerra da Síria, um dos países mais importantes para a história da humanidade – afinal, São Paulo, maior cidade do Brasil, homenageia um homem que um dia viveu em Damasco. E São Pedro era sírio. Sem falar na questão geopolítica
Campo Militar
As forças do regime de Assad, com o apoio do Hezbollah e de milícias síria aliadas (shabiha), além de iranianos e iraquianos, conquistaram a importante cidade de Yabrud, nas montanhas Qalamoun. Desta forma, o regime passou a controlar a maior parte da fronteira sírio-libanesa. Damasco, Homs e Hama estão nas mãos do regime, embora com alguns focos opositores em subúrbios. Latakia e Tartus, na costa mediterrânea, assim como o vale dos cristãos e as montanhas alauítas, seguem ultra leais a Assad
Aleppo permanece dividida, mas com avanços do regime. O cenário é tão favorável a Assad que uma nova companhia aérea foi criada. O grupo rebelde super radical ISIS controla áreas na fronteira com o Iraque. Curdos tem suas áreas na fronteira turca e iraquiana. A Frente Nusrah está espalhada pelo país. Grupos rebeldes mais laicos atuam especialmente a partir da fronteira com a Jordânia
Campo Político
Assad deve disputar eleições presidenciais. Uma série de regras impostas pelo regime, como viver nos últimos dez anos na Síria, impedem a participação de opositores no exílio. Pode sim haver a participação de uma tradicional oposição em Damasco. Mas Assad certamente será o vencedor – ele é a figura mais popular da Síria, embora também seja a mais odiada
Armas Químicas
Houve enorme avanço no último mês. O regime de Assad já entregou ou destruiu 52% das armas químicas e promete eliminar tudo (menos de áreas inacessíveis) até meados de abril. O acordo, negociado pela Rússia, foi um sucesso
Apoio externo a favor de Assad
A Rússia deve intensificar o apoio ao líder sírio depois do episódio na Crimeia. Os russos, assim como os iranianos, também avaliam que fizeram a aposta certa, com Assad cada vez mais consolidado no poder e vencendo o conflito. Já o Hezbollah tem pago caro dentro do Líbano com o apoio militar a Assad na Síria. Uma coisa é lutar contra Israel, um inimigo de todos os libaneses. Outra contra os rebeldes sírios, que contam com muita simpatia e o apoio de algumas facções libanesas, especialmente as sunitas
Apoio externo aos rebeldes
Os grupos rebeldes são extremamente divididos. Os maios fortes são ultra radicais, como a Frente Nusrah, ligada à Al Qaeda, o ISIS, considerado extremista demais até para a rede de Bin Laden. Outros, também conservadores, como o Fronte Islâmico, tem crescido. O apoio é heterogêneo, vindo de diferentes indivíduos no Golfo Pérsico, além dos EUA e outras nações ocidentais. Os americanos se focam apenas em fornecimento de equipamentos não letais, como ambulâncias e telefones por satélite. A Arábia Saudita apoia apenas grupos rebeldes que atuem em sintonia com os Saud e entrou em atrito com o Qatar. A Turquia está dividida, com muitos membros da sociedade turca condenando duramente o premiê Erdogan pelo envolvimento no conflito
Refugiados
Já são 2 milhões de refugiados nos países vizinhos (Líbano, Jordânia e Turquia). Outros milhões são refugiados internos na Síria – a maioria deixando áreas sob controle dos rebeldes e indo para áreas do governo
Mortos
Não há estatística confiável, mas calcula-se que estejam em cerca de 150 mil. Notem que este número inclui os mortos pelo regime e os mortos pelos rebeldes. Isto é, as forças de Assad não mataram todas as vítimas da guerra. E hoje cresce muito o número de mortos em combates intra-oposição
http://blogs.estadao.com.br/gustavo-chacra/voce-ainda-lembra-da-guerra-da-siria-quem-esta-ganhando/
 

Querem enfeitar o porco imundo


Las autoridades alemanas criticaron a la ex primera ministra de Ucrania Yulia Timoshenko por sus "violentas fantasías" después de que se filtrara a la Red una conversación en la que la política ucraniana incitaba a "matar a los malditos rusos".
A pesar de no aceptar las acciones de Rusia en Crimea y de algunas diferencias fundamentales en los puntos de vista, existen limitaciones en cuanto al uso de cierto lenguaje e ideas que no se pueden traspasar. Las fantasías sobre la aplicación de la violencia, obviamente, salen fuera de estos límites", señaló el portavoz del Gobierno alemán, Steffen Seibert, citado por el diario alemán 'Bild'.
,,,
Entre otras cosas, la ex primera ministra de Ucrania dijo: "Encontraría el método de cargarme a esos malditos rusos y espero tener la posibilidad de involucrar a todas las personas que me conocen para levantar al mundo entero tan pronto como me sea posible, para que de esta maldita Rusia no quede ni un campo quemado".
Posteriormente Timoshenko reconoció la autenticidad de la grabación.       
http://actualidad.rt.com/actualidad/view/123551-alemania-critica-timoshenko-violencia-rusa-ucrania

terça-feira, 25 de março de 2014

The Religion Of Vladimir Putin

[ Mas um amigo informou:
Putin move perseguição contra sacerdotes católicos na Criméia Assim que o presidente russo Vladimir Putin iniciou a manobra de anexação ilegal da Criméia, a Igreja Greco-Católica, fiel à Santa Sé, começou a sofrer uma “perseguição total” na península, segundo as autoridades religiosas. “A vida da Igreja Católica de rito greco-católico está paralisada”, disse o Pe. Volodymyr Zhdan, chanceler da eparquia (equivalente a uma diocese) de Stryi na Ucrânia ocidental falando para a agência CNA. Desde 2006 até 2010, o Pe. Zhdan foi chanceler do exarcato de Odesa-Krym que incluía a península da Criméia. Três sacerdotes greco-católicos foram sequestrados por militares russos que fingem serem paramilitares independentistas. Para o Pe. Zhdan esses múltiplos sequestros “não são um acidente”. O Pe. Mykola Kvych, capelão naval em Sebastopol, foi preso logo depois de uma cerimônia por um defunto, em 15 de março.   (fonte desconhecida - correção: fonte IPCO)
  ---    se for assim estamos bem arrumados:   o Ocidente apoia islamicos fanáticos para desestabilzar países e acabar com o cristianismo nestas áreas (Kosovo, Iraque, Libia, Siria),  apoia nazistas da pior espécie para desestabilzar países (Ucrania) para enfraquecer a Rússia, apoia todo tipo de depravação e a corrupção total da Igreja Católica em crise, onde até os tradicionalistas estão confusos.
Do outro lado, em resposta às ações do Ocidente e em resposta ao catolicismo fraco e aos seus tradicionalistas confusos, o Oriente, a Rússia, apesar de suas boas ações internas e externas (como na Síria), ela persegue o catolicismo (onde, diga-se de passagem,  muitos catolicos se aliaram aos nazistas e às Femen prostitutas...).   ]

[ Mais comentários enviados, que merecem ser publicados: ]


Putin persegue os padres da "Igreja Conciliar", que insuflam a baderna promovida pela União Européia. Essa "Igreja Greco-Católica" é um dos apêndices de "Francisco", sucessor de "Bento XVI", que pediu pela Autoridade Política Mundial. Vê-se, portanto, que Francisco e Bento XVI jogam juntos com o projeto globalista ocidental, e que a "Igreja Greco-Católica", que de católica não tem nada, merece sim sofrer um pouco a repressão justa de Putin. Esses "católicos" estão loucos para entrarem na UE... E nada fazem para salvar os cristãos da morte, seja na Síria, Egito, Iraque ou na Nigéria, e. além disso, são aliados dos jihadistas. Eu diria para o Putin: repressão neles.
Esses sacerdotes são traidores, escravos dos sionistas e trabalham para a instalação da "Autoridade Política Mundial", ou seja, são capangas do Anticristo. Dizem que se opuseram ao regime totalitário soviético, mas jogam juntos com a abominação européia. Querem que os bebês ucranianos sejam educados de 0 a 4 ano sobre como praticar masturbação sozinhas ou em grupo, tal como indica manuais publicados pela União Européia. Em tempos mais claros, qualquer católico queimaria esses padres traidores da Cristandade na fogueira em praça pública, e se Putin tirar esses patifes de circulação, nada contra. Agentes da União Européia, fantoches de Rothchild, capangas de George Soros, tudo isso e muito mais pode ser dito desses calhordas.
União Européia planeja depravar bebês de 0 a 4 anos. http://tarrasch.blogspot.com.br/2014/03/uniao-europeia-impoe-pela-lei.html  Esses são os aliados desses padres traidores. Cadeia neles.



segunda-feira, 24 de março de 2014

Putin inspira terror na Nova Ordem Mundial. Tese, Antítese e Síntese

[  Não concordo com este artigo de Libertar.in.  Pode ser verdade que por trás de qualquer má ação ou boa ação há sempre más intenções. Para chegar à tal "síntese" do artigo.  Mas não podemos saber tudo - Deus quer de nós o seguinte:  que apontemos o mal e o bem, e que investiguemos e estejamos sempre alertas a identificar os lobos com pele de cordeiro.
Mas uma coisa é certa nos atuais eventos:
MAL = fazer ações subversivas para desestabilizar países, pagar terroristas para levar o caos em países e pagar a imprensa para chamar estes terroristas de "freedom fighters" ou lutadores pela "liberdade".  Ou seja as ações de EUA/Otan/Israel/Petromonarquias em Sérvia, Iraque, Libia, Síria, Ucrania.
BEM =  resistir contra estas ações subversivas, lutar pela cultura e moral de seu povo impedindo a entrada da depravação ocidental, lutar contra a tentativa de jogar suas populações em uma escravidão eterna sob a agiotagem internacional.  Ou seja, as ações de Libia, Siria, Irã, Rússia. 
Se há um mal por trás deste bem, investiguemos e apontemos - mas não deixemos de apontar o MAL e o BEM citados acima, de onde quer que venham.  ]

"Ora ora ora, essa matéria do PressTV.ir faz parecer, para quem não conhece, que a RÚSSIA E O IRÃ são os BONZINHOS E O RESTO DO MUNDO É MAU. Mas não é bem assim. A ordem que vem do caos, frase objetivo da Maçonaria e que quando no engano foi tatuada no meu braço, é sem dúvida A GRANDE JOGADA QUE FOI PRÉ-ORGANIZADA POR ALBERT PIKE PARA O INÍCIO DA 3° GUERRA MUNDIAL MUITO ANTES DE NASCERMOS.

O Analista DR.BARRETT que deu entrevista para o site PressTV.ir disse o seguinte:
[Clique
AQUI para ler na íntegra a matéria]

" O Presidente russo, Vladimir Putin está de pé contra a agressão do Ocidente que visa destruir completamente as nações e os valores tradicionais e a criação de uma ditadura global da Nova Ordem Mundial "


 http://www.libertar.in/2014/03/putin-inspira-terror-na-nova-ordem.html#ixzz2wvpEkE5A


[ O objetivo deste tipo de artigo é nos deixar imobilizados, favorecendo então o MAL, pois este não tem escrupulos, e portanto está sempre em vantagem, aqui neste pobre mundo.  ]

Ucrania sob comando de terroristas bolchevistas filo-ocidentais

Ex-premiê da Ucrânia revela em nova gravação vazada: Que 8 milhões de russos na Ucrânia "devem ser mortos com armas nucleares"



http://horizontenews.blogspot.com.br/2014/03/mais-uma-ucraleaks-bem-nuclear-para.html

Portanto:

Russia => Império dos Kzares, dos Romanov  -  Cristão

Ocidente => União Soviética - Anti-Cristão